Foto: equipe Conexão

O Congresso Regional  teve como tema “Avivamento”. A segunda Palavra ficou por conta do Pastor Ricardo Novaes baseada no capítulo dois do livro de Cantares. Dezessete pessoas foram batizadas com o Espírito Santo e oito vidas aceitaram a Jesus.

Quem esteve presente nos dois cultos e atento ao que foi falado, percebeu que as duas mensagens se completaram. Na primeira, o Pr. João Barbosa chamou a todos para uma reflexão ministrando sobre o pecado estar dominando a vida dos cristãos e os afastando da presença de Deus, impedindo-os de ter uma vida plena com Ele. Da mesma forma, na segunda, o Pr. Ricardo enfatizou o fato de que Jesus está voltando e “as raposas e raposinhas” que querem invadir a nossa “vinha” serão combatidas com “fogo”, e este fogo é a presença do Espírito Santo.

“Foi uma mensagem muito profunda sobre o arrebatamento da igreja. A princípio foi sobre Cantares de Salomão, que muita gente talvez não compreenda, mas ali fala sobre o arrebatamento da igreja, porque Salomão representa Jesus, a Sulamita representa a igreja.”

Pr. Ricardo Novaes / Foto: equipe Umadeb

Sobre a organização do evento, o Pr. Ricardo disse: “A recepção foi muito especial. Uma nota de zero a dez, eu posso dar dez, porque a recepção da porta de entrada até o altar foi uma recepção sublime. O encontro ABCD foi surpreendente! Percebi que todos os jovens que estavam lá, estavam sedentos por um avivamento. Então a festa está de parabéns, que os céus possam continuar abençoando a vida de vocês de uma forma muito especial, a todos os coordenadores, estão todos de parabéns”.

A equipe do Conexão conversou um pouco com algumas das pessoas que trabalharam nos bastidores para que este evento acontecesse. Para Rodrigo Ferreira, tesoureiro da UMADESB, organizar este evento foi desafiador porque estavam trabalhando com pessoas de outras regionais e que, na maioria dos casos, nunca viram, mas com a competência de todos foi maravilhoso. “Tenho certeza que daqui uns quinze anos estarei sentado contando algumas histórias para meus filhos e vou lembrar desse congresso, afinal, histórias são feitas para serem lembradas”.

A maior dificuldade, segundo Talita Viana (secretária da UMADESB), foi organizar um evento em um local que não estavam habituados a frequentar, então muitas dúvidas surgiram, mas, segundo ela, foi um enorme prazer participar do primeiro regional ABCD em São Bernardo do Campo e o maior resultado foi almas sendo salvas. “O que eu levo de experiência é mais uma etapa concluída, mais um evento organizado com excelência e com muita cooperação de todos da equipe”.

Cledson Rodrigues, voluntário, disse que organizar um evento tão grande foi espetacular e um desafio gratificante, sendo que o desejo era de oferecer o melhor. “Nos proporcionou um grande aprendizado na gestão, planejamento e o mais importante: a interação com jovens de outros setores e os momentos de comunhão com pessoas que estão sempre dispostas a ajudar”.

Na próxima matéria encerraremos os depoimentos sobre este grande evento, então fique ligado!

Compartilhar: